quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Felicitações de Aniversário de Gerson Odilon

Resultado de imagem para gerson Odilon


Fabiano
Hoje é um dia muito feliz 
De muita felicidade 
18 horas de um dia de hoje
Nascia com tranquilidade 
Um pessoa de bravura 
E um poeta de verdade.

Um cara do pensamento 
Com fé na publicação 
Sendo pai um pouco atrevido
Médico em convicção 
Um poeta nascido velho 
Pesquisador por paixão.

Gerson Odilon
Amigo e bom cidadão 
Um cabra legal que só! 
Um valente anestesista
Que a gente chama Timbó
Poeta e pesquisador
Escritor e professor 
Que reside em Maceió. 

Receba do céu as bênçãos 
E tudo que há de bom
Dos amigos os abraços 
Pela vida e pelo dom
É tudo o que lhe digo
Parabéns meu amigo
Assina Gerson Odilon.

Fabiano
Meu querido amigo Gerson,
Não faço aqui confusão 
Você é um poeta e companheiro 
Nas estripulias e na criação 
Saiba que vossa amizade 
Habita meu coração.

Gerson Odilon
Meus parabéns meu irmão 
E seguindo a mesma trilha
Nossa amizade é tão forte
Que encanta, reluz e brilha 
Do emitente ao destinatário 
O desejo que o aniversário 
Seja a mais pura maravilha

Deixo aqui meu recado 
Desejos de amor e sorte
Sei que você é um forte
Um cabra bom arretado
Como está acostumado
A não tolerar os desdéns 
Nem fazer conta de vinténs
Com pinga, chopp, mocotó...
Caríssimo amigo Timbó
Receba os meus PARABÉNS!

Hoje é sete de dezembro
Dia que o Timbó nasceu
Uma luz do céu desceu
Trazendo mais  este membro  
A todos eu digo e lembro
Que dotados são seus genes
Como são frutíferos os bens
De amor, alegria, paz e dó 
Caríssimo amigo Timbó
Receba os meus PARABÉNS!

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Nota de prova

A pior coisa na faculdade
É precisar de nota alta
Para o aluno que é estudioso
Ou mesmo aquele peralta.
Como quer o aluno aprender
Se a atividade ele falta?


Resultado de imagem para prova


Mas se em casa estuda duro
Não é preciso sua presença
Porque o professor demonstra
Aquilo que está na imprensa
Pra o aluno que estudo muito
Faltar, não az diferença.

Para aquele sem desejos
Certeza será fugaz
Por mais que este esteja em aula
Nunca será alguém capaz.
É uma pena quem trabalhe
Repetindo o quê o outro faz.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Fale alemão, é muito fácil!

Resultado de imagem para alemanha bandeira

Para viver um desafio
Do tamanho de um leão
Tente aprender novo idioma
De uma diferente nação
Com certeza o mais difícil 
É iniciar pelo alemão.

O idioma é difundido
Elegante e rigoroso
Quem sabe falar bonito
É tido como estudioso
Toda palavra é difícil
Mas cada som é magestoso.

Veja neste exemplo real
De uma palavra engraçada
"Nicht" quer dizer não
E "Nichts" igual a nada
Um s faz esta diferença
Se tirar fica trocada.

Com o português se parece
Pra o nome é o nominativo
Acompanhado por verbo
Seguido por acusativo
Se objeto for indireto
Se escreve como dativo.

Outra coisa bem engraçada
E usada frequentemente
É que existe um tal de neutro
Para não ser intransigente
No português isso não existe
Ficando algo diferente.

Veja alguns que são comuns
"Der" usa antes do masculino
O homem, o professor, o trabalho
"Die" serve pra o feminino
A mulher, a escola, a esposa
"Das Haus", a casa, vê esse pepino!

Às vezes requer oração
Olhar pro céu e dizer amém
Se você diz "Bushaltestelle"
Deve entender isso também
"Ich verstehe dich nicht"
Para você se tornar alguém.

Se quiser usar português
Depois verter pro alemão
Aí é que ficará difícil
Porque nada entenderão
Eles conversam "a sol", "o lua"
Vai ser grande a confusão.

Outra coisa inerente à ela
É falar na ordem invertida
Veja você um exemplo agora:
Ontem estive eu na avenida
Eles falam deste jeito
A cuca fica invertida.

Veja um versinho em cordel
Que eu demorei pra fazer
Todo dia pensativo
Sem nada para escrever
Leia com muita caltela
Para tentar compreender.

Ich möchte etwas trincken
Heute habe ich eine Idee
Ich fahre nach Deutschland
Dort gibt es einen guten Kaffee
Nächste Woche fliege ich
Dann hat mein Heimweh ein Ende.

Se conseguiu compreender algo
Nesta grande confusão
Vai receber parabéns
Você tem imaginação
Mas se ficou meio por fora
Não se preocupe, é alemão.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Enxaqueca


Resultado de imagem para enxaqueca

Sentindo um pouco apreensivo
Meu corpo muito agitado
Luzes fortes em todo canto
Pensamento embaralhado
Deve ser minha enxaqueca 
Que me deixa derrotado.


Essa dor que me detona
Acabando com meu juízo
Trás a tristeza para perto
Estragando meu sorriso
Deve ser sempre tratada
Evitando meu prejuízo.

Tentei de tudo na vida
Exercício, vitamina,
Dormir num local bem escuro,
Comer queijo com cajuina
O que me resolve mesmo
É a famosa de ergotamina.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

O poder das FRUTAS

O nome do caso clínico é "O poder das FRUTAS"

Resultado de imagem para carambola

Uma aluna de Maceió
Com seu saber na cachola,
Perguntou - me em tutoria:
- Professor, o que é carambola?
Fiz de conta que não ouvi
E para ela não dei bola.

Insistente continuou
Perturbando minha fala
Resolvi lhe responder:
- Menina, tu és muito mala
Carambola é uma fruta
Doce, amarela e não entala.

Ô! Meus Deus!
É aluna brasileira
Não pode ser estrangeira
Tem cara de matreira
Mas não é arruaceira
Eu falei dessa maneira:
- Ei, você estude ou caia fora!.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

A diaba, o amor e a igreja - III

PARTE 3 DE 3

Resultado de imagem para diaba

O diabo baixa a sua guarda
Vai guardando seu tridente 
Olha com serenidade 
E com aquele ar descontente 
Diz: - Dai-me prova de amor
Para me deixar contente.

A diaba é toda coberta 
Por um pensamento ruim
Desaparece alguns momentos 
Volta tocando um flautin 
Num sorriso enlarguecido 
Explica dizendo assim:

- Eu fui ao plano material 
Fazer mais uma estripolia 
A alguns padres cochichei 
Desejos de sodomia
Na mesma hora dei início 
À igreja a pedofilia.

O diabo matutou um pouco
Sobre aquele fato feito 
Era comum lá no inferno 
Onde já existia o conceito 
Na igreja nunca se viu
Para ele estava perfeito.

Quando olhava para a diaba 
Teve pena e disse assim:
- Essa prova foi de amor 
Impossível ser mais ruim
Tu fizeste um grande feito
E o melhor, foi só pra mim.

Ela respondeu para ele:
- Esta prova vai valer 
Se a igreja estiver sem rumo
Só o Papa vai defender 
Agora que já foi feito
Vamos pagar para ver.

O diabo ficou feliz
Com este ato de amor
Governaria com a certeza
De ter padre a seu favor
Viveu feliz eternamente
No aconchego do calor.

Essa estória de traição
Está acabando por aqui
O que agora descobriste 
Não guarde só para si
Este segredo escondido
Foi contado para ti.

A pedofilia já existe 
Desde muito antigamente 
Não era para ter na igreja
Nem existir uma só semente 
Quero alertar a quem puder
Para não ouvir novamente.

Ofereço este cordel
A toda mulher com vida
Entre as espécies foi a primeira 
Que o saber teve partida
Do que uma mulher é capaz
Até Satanás duvida.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

A diaba, o amor e a igreja - II

PARTE 2 DE 3

Resultado de imagem para diaba

A tristeza foi profunda 
A decepção ocorreu
Logo com aquele sujeito  
Que nasceu um inimigo seu!
O diabo ainda quis brigar 
Mas o anjo se escafedeu.

Saiu voando pela janela 
Fazendo grande escarceu 
Tanto demônio havia ali
Como a tropa de um quartel 
Escapando para longe
Em direção ao grande céu.

Com à raiva de diabo, disse:
- Puta, todo mundo viu
Não tenho mais o que fazer 
A sorte foi que partiu
Já você não vai escapar 
Nosso casamento ruiu.

Do jeito que foste feita
Agora posso desfazer 
Admitiria ser traído
Por qualquer outro com prazer
Mas um anjo me desmoraliza 
Por isso vais mais viver.

Antes de você sumir 
Eu gostaria de podet ouvir 
Tente de toda maneira 
Falar a frase derradeira 
Terá ainda esta última chance 
Não desperdice este lance.

A diaba responde rápido:
- Eu vou abrir meu coração 
Relatar o quê por amor fiz
Pra tentar a conciliação 
Não perco teu amor por nada
Nem a tua consideração.

Fui a cobra da sedução 
Com quem Eva conversou 
Para trazer o sofrimento 
O parto sentindo dor
Eu fui a perda do paraíso 
Fui a faca que a Abel matou.

Fui a inveja para Hitler 
O gatilho de Hiroshima
A bala de João Paulo II
Dos corruptos, a propina
A coroa de Jesus Cristo 
Fiz tanto, que nem imagina.

Fui a tesoura de Dalila
De Delcidio a delação
A bala que matou Kennedy 
A agonia de Napoleão 
O propofol de M Jackson 
De Atlântida a inundação.

Algumas coisas da igreja 
Fui a responsável também 
As cruzadas sem sentido
Passei os templários pro além 
Eu dei força a Saladino 
Para entrar em Jerusalém.

Quando estavas no deserto
Tentando o Senhor Jesus 
Eu fui aquele pensamento 
Que O fez morrer na sua cruz 
Pra acabar com seu legado
Fiz de Nitche uma luz.

E isso tudo, meu querido, 
Para o assunto terminar,
Foram provas do meu amor
Que fiz para te mostrar
E agora neste momento 
Tu vais mesmo me matar?

Ele responde sem dúvida:
- Vendo deste modo assim
Não sei se vou te perder 
Foram muitas coisas ruins 
Não posso perder alguém 
Que tenha esse amor sem fim.

Fiquei muito preocupado 
Com a minha reputação 
Todo diabo que aqui mora
Percebeu esta transação 
A fuga do desgraçado 
E esta tua satisfação.

Ela respondeu matreira:
- Não vejo constrangimento
Aqui você manda em tudo
É o dono do sofrimento
Todos d'aqui te obedecem
Basta apenas um pensamento.

O diabo ficou pensando:
"Será sonho ou realidade? 
Logo com um ser celestial 
Não seria por caridade? 
Aquele momento vil
Tirou-ma a tranquilidade".

"Quem faz isso e dizendo que ama
Só poderia estar maluca
Ela vai aprontar de novo
Se fazendo de matuta".
O cão aperreado lhe disse:
- Sua atitude foi de puta.

Respondeu sem nem pensar:
- Esta ocasião foi a primeira 
Eu nunca fiz nada igual
Não pense que sou rameira
Fiz tudo por passa tempo
Mas já sei que fiz besteira.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

A diaba, o amor e a igreja - I

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Aldemar Araújo Castro


Aldemar teve uma chance
De viver num centro bom
Entendendo o que fazia
Dando nota, voz e tom
A todo material lá 
Como quem nasce com um dom.

Comigo foi diferente
Aprendi sem ter pudor
Executando as tarefas
Tendo um grande professor
Que foi o próprio Aldemar
Deste sistema o criador.

Por tudo que aconteceu
Eu fico mui agradecido
A Deus por ter tido força
E a Aldemar por ter insistido
Essa chance que ele deu
Eu não fiz por merecido.

Agora ele vai a Alemanha
E um doutor retornará
Como mestre aprimorou
E doutor transformará
Se alguém viu o que ele fez aqui
Em nada duvidará.